sábado, 30 de março de 2013

G.I. JOE: RETALIAÇÃO - CRÍTICA

O que o Snake Eyes diria desse filme? Nada, ele não fala porque fez um voto de silêncio.  Piadas toscas a parte, vamos ao que importa! Estreou nesta sexta-feira (29) a continuação da adaptação dos bonecos de ação da Hasbro para o cinema, G.I. Joe: Retaliação (G.I.Joe 2: Retaliation, na versão original).



O segundo filme tem uma trama melhor arquitetada, embora o roteiro se torne mais cansativo e clichê. Na sequência, Zartan, disfarçado de presidente (branco) dos EUA, junto com o comandante Cobra elabora um plano para desativar todas as ogivas nucleares da Terra, não porque eles são legais, mas porque tinham uma arma mais poderosa para dominar o mundo (clichê? Nem um pouco!). O único que poderia impedir seu “maléfico plano” seria o esquadrão especial, conhecido como joes. Os vilões logo tratam de eliminar (isso mesmo, eliminar) todos os joes. Seria o fim de tudo se não houvesse sobreviventes. Fica por conta do trio Readblock (Dwayne Johnson) Flint (Dj Cotrona) e Lady Jane (Adrienne Palicki) a vingança e a esperança de salvar o mundo. Você deve estar se perguntando quem são esses três, sim, eles não estavam no primeiro filme e roubaram a cena no segundo.



 A troca de personagens sem dúvida não agrada aos fãs, uma vez que toda a equipe do primeiro longa é substituída sem nem mesmo uma explicação. O único que dá as caras, mesmo que seja para morrer (desculpe pelo spoiller) é o protagonista do filme anterior Duke (Channing Tatum), uma morte, que desmerece o personagem. O que salva o filme, sem dúvida, são os ninjas (Snake Eyes e Storm Shadow), tanto pela história quanto pelas sequências de ação, que merecem total foco, uma vez que são as mais empolgantes.


O efeito do 3D também deixa muito a desejar, embora isso fosse esperado, já que o filme programado para estrear em 2012 foi adiado para esse ano, com o objetivo da adaptação da nova tecnologia, contudo a conversão fornece poucas cenas com o efeito 3D. Uma dica? Economize na compra do ingresso optando pelo 2D. Pontos positivos para o cenário e para os efeitos especiais, e claro, não posso me esquecer, da participação especial do Bruce Willis (Coronel Joe) que parece ter sido colocado no filme para fazer os fãs esquecerem que o elenco do primeiro filme sumiu.

Análise final: Gostei mais do primeiro, mas ignorando a troca de personagens G.I.Joe: Retaliação é uma ótima produção.

Ficha técnica
Nome do filme: G.I. Joe: Retaliação
Nome original: G.I.Joe 2: Retaliation
Direção: Jon M. Chu
Roteiro: Rhett Reese e Paul Wernick
Elenco: Bruce Willis, Channing Tatum, Dwayne Johnson
Classificação: 12 anos



[Texo: Pedro Almeida; revisão: Mônica Seolim]

Nenhum comentário:

Postar um comentário